Como lidar com a procrastinação nessa reta final para as provas?

Estudou o ano inteiro e agora na reta final você se vê procrastinando o estudo? A ansiedade com a proximidade da prova está fazendo com que você evite tudo o que o faça lembrar do vestibular/concurso?

Ao mesmo tempo você se sente culpado porque sabe que deveria estudar?

Como lidar com essa situação?

A verdade é que não existe receita mágica. A procrastinação e a ansiedade podem ter diversas causas, e a melhor estratégia para contorná-las depende de cada um. E também depende da sua dedicação ao estudo durante o ano e de sua evolução. 

Primeiro passo: reflita

Se você está se sentindo muito culpado por adiar o estudo, eu proponho um momento de reflexão. Reveja sua trajetória de estudo: você se dedicou com afinco? Você cobriu o edital? Reviu todas as matérias? Fez exercícios e simulados? 

Foi um bom estudante?
1. Não se cobre tanto

Se sua resposta foi sim para todas as questões, então talvez seja o momento de pensar se você não está se cobrando muito. Se você estudou pra valer o ano inteiro, é normal manifestar um pouco de cansaço e apreensão com a proximidade da prova. 

Nesse caso, aproveite essa vontade de procrastinar e descanse um pouco sem culpa. Estar descansado no dia da prova, com um nível de stress e ansiedade controlado, é tão importante quanto dominar o conteúdo. Se você se dedicou o ano inteiro a aprender o conteúdo, não há mal nenhum em descansar um pouco agora.

Claro, não estou dizendo para você parar de estudar completamente. Aqui, é importante que você faça uma reflexão. Se você estudou com dedicação o ano todo, por que agora o estudo é aversivo para você? O que mudou? É só cansaço? Há algum gatilho emocional envolvido (medo de não passar, por exemplo)? Ou medo de passar e das mudanças em sua vida que isso acarretará?

Reflita e coloque tudo no papel. Esse exercício de autoconhecimento pode ser muito poderoso para liberar eventuais bloqueios em relação ao estudo. Veja se uma mudança no seu plano de estudo pode fazê-lo ficar mais animado em relação a ele. Talvez reduzir um pouco a carga horária, intercalando com mais momentos de descontração. 

É melhor você estudar menos do que tinha planejado, intercalando atividades prazerosas, diminuindo a culpa, do que ficar postergando o estudo, e se sentir culpado por não estar estudando. 

Vale ressaltar que essas dicas são para quem está constantemente procrastinando o estudo na reta final. Se você não está nessa situação, então continue na rotina de estudos que funciona para você.

2. Será que o problema não é seu método de estudo?

Eu tive alunos que reclamavam de cansaço nessa reta final, mas a dificuldade estava no método de estudo. Eram alunos que, para cada assunto estudado, produziam inúmeros materiais (resumos, mapas mentais, flashcards, etc), tudo em relação ao mesmo assunto e feito na mesma sessão de estudos. É claro que eles estavam cansados e não queriam mais estudar! Preparar diversos materiais em relação ao mesmo assunto numa mesma sentada é muito fatigante mesmo!

Se este também for seu caso, teste estudar um assunto, preparar um dos materiais acima (resumo ou mapa mental ou flashcard ou qualquer outra técnica) e passar para o próximo assunto. No dia seguinte, retome o assunto anterior, releia o material preparado, se quiser prepare um outro material, resolva exercícios e passe para o próximo assunto. Na semana seguinte, ao retomar o mesmo assunto, você pode fazer mais um material, se quiser. Mas provavelmente você vai ver que apenas rever o material que você já preparou será o suficiente para relembrar a matéria. 

Todos os especialistas em aprendizagem recomendam que é melhor estudar um assunto de forma espaçada, do que estudar muitas horas no mesmo dia o mesmo assunto. Então se você separou 3h para estudar um determinado tópico, teste se não é melhor dividir essas 3h em três blocos de 1h, espaçados ao longo de uma semana. A sua retenção do assunto será muito maior, com a vantagem de não cansar tanto quanto ficar martelando no mesmo tópico por 3 horas seguidas.

E se eu não me dediquei ao estudo durante o ano?

Nesse caso, você não tem tempo a perder. Se você se sente ainda mais culpado porque não se dedicou tanto quanto gostaria e acha que o tempo que resta até a prova não será suficiente para fazer nada de razoável, pense de novo. 

Não duvide do poder da resolução de exercícios e simulados. Muitos candidatos negligenciam essa importante etapa da preparação. Portanto, resolvê-los nas semanas anteriores à prova pode colocá-lo na frente de muita gente. 

Não se martirize, isso não vai solucionar seus problemas. Use a técnica Pomodoro (a Thais, do Vida Organizada, tem um post excelente ensinando a técnica), uma ferramenta simples, mas muito poderosa para evitar a procrastinação. E aproveite os seus 25 minutos para resolver muitos exercícios!

Boa sorte 😉

 

Posted in Motivação/Hábito and tagged , , , , , , .

Formada em Direito pela USP, cursando Psicologia e pós em Neurociência da Aprendizagem, aprovada em concursos e vestibulares diversos, apaixonada por educação, métodos de produtividade e meditação, criou o blog Projeto Estudos para compartilhar seus aprendizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *