5 dicas para um estudo mais produtivo

1. Estude repetidamente, não necessariamente por muito tempo

Dependendo do seu objetivo com o estudo, você terá que se dedicar mais ou menos tempo ao estudo durante o dia (estudo para concursos e vestibulares, em geral, exigem mais tempo dedicado por dia do que estudo para graduação ou com outras finalidades). No entanto, o estudo deve ser feito continuamente, mesmo que seja só um pouco por dia. 

O ideal é que você esteja sempre em contato com o material a ser estudado, e de maneira espaçada. Por exemplo, é melhor estudar uma matéria durante 3 dias por 1h, do que estudar 3h num dia só e depois não retomá-la mais. 

A distribuição do estudo em várias sessões permite que a consolidação da memória se dê de forma mais permanente. Novas memórias são fracas, é preciso muita reiteração para que elas se fortaleçam.

2. Torne o material de estudo significativo para você

A melhor forma de gravar uma informação é relacioná-la a algo que seja significativo e importante para você. Enquanto você assiste a uma aula ou estuda em casa, sempre tente verificar de que forma aquele conteúdo causa impacto em você, porque conteúdos com teor emocional são retidos mais facilmente. 

Você já passou por essa experiência, de assistir a uma aula sem muito interesse até que um assunto que te toca pessoalmente é abordado e aí você começa a se concentrar e a gravar a informação muito mais facilmente? 

A dica aqui é fazer isso com todo o material de estudo: transformá-lo em algo ou relacionar com alguma situação importante para você. 

Por exemplo, recentemente eu tive uma aula sobre neuroanatomia e neurofisiologia e um dos tópicos da aula era hidrocefalia. Esse assunto não desperta nenhum interesse especial em mim, portanto, para melhor memorizá-lo, eu pensei na seguinte situação: “E se eu tivesse um amigo cujo filho tenha sido diagnosticado com hidrocefalia? Quais informações eu gostaria de saber antecipadamente para conversar com ele sobre isso?”.

Dessa forma, eu tornei um assunto que era abstrato inicialmente, em uma situação concreta, com um conteúdo emocional, que me permitiu gravar muito melhor esse tópico. 

3. Estude ativamente

Relacione o material que você está estudando com outras disciplinas e campos de estudo. Use suas próprias palavras para explicar um conceito. 

A partir dos conceitos, elabore exemplos e aplique-os a diferentes contextos. Você também pode selecionar exemplos já fornecidos pelo material de estudo ou por seu professor e verificar as semelhanças e diferenças entre eles.

Estude os princípios básicos da disciplina que você precisa dominar. Quais são os pilares sobre os quais se firma essa disciplina? Se você fosse escrever um livro-base sobre essa matéria, como você o estruturaria?

4. Teste seus conhecimentos

A fixação do conteúdo ocorre quando revisamos e fazemos exercícios sobre a matéria. A revisão deve ser feita de forma ativa, ou seja, tente relembrar o conteúdo sem consultar o caderno. 

Você pode inclusive elaborar um sumário do conteúdo ou fazer anotações seguindo o método de Cornell para facilitar na hora da revisão. Apenas quando você não conseguir se lembrar do conteúdo sozinho, é que você deverá recorrer às suas anotações.

Fazer exercícios também é imprescindível para que o estudo seja produtivo, principalmente se você está estudando para concursos públicos ou vestibulares. Nesses casos, é preciso saber não só o conteúdo, mas também como ele é cobrado nas provas e vestibulares. Fazer muitos exercícios e saber como a banca que realizará a sua prova costuma cobrá-los é o principal diferencial entre os aprovados!

5. Durma bem

Como eu expliquei nesse post, o cérebro organiza e consolida a memória durante o sono. Por isso, ter um sono reparador e acordar descansado é muito importante para os seus estudos! 

Os principais indicadores de um sono de qualidade são: dormir até 10 minutos após se deitar na cama; ter um bloco único e constante de sono; acordar, de 7 a 9 horas depois de ir dormir, sentindo-se revigorado e pronto para um novo dia.

Se você quiser dicas sobre como dormir melhor e estabelecer uma boa higiene do sono, tem post sobre isso aqui.

Posted in Dicas de estudo, Estudo and tagged , , , , .

Formada em Direito pela USP, cursando Psicologia e pós em Neurociência da Aprendizagem, aprovada em concursos e vestibulares diversos, apaixonada por educação, métodos de produtividade e meditação, criou o blog Projeto Estudos para compartilhar seus aprendizados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *